Estudantes Brasileiros na CN

Brazilian Students in CN < Paulo Aparecido Inácio

Nome:
Paulo Aparecido Inácio
Universidade no Brasil:
Universidade federal dos vales do Jequitinhonha e mucuri
Nome da universidadechinesa:
Dalian University of Technology
Profissão:
Engenharia Mecânica

Fale sobre sua experiência no Ciências sem Fronteiras na China.


Minha experiência no ciências sem fronteiras China pode ser dividida em duas etapas de diferentes focos e também em diferentes cidades.


Primeiro ano na cidade Changchun; este ano foi inteiramente dedicado ao estudo da língua chinesa e aprendizado sobre e cultura e seus hábitos. Neste período tivemos pouco contato com os chineses, pois eu estava morando dentro da própria faculdade e o prédio onde morávamos era o mesmo prédio de aulas, tendo assim uma vida mais reclusa, também pela grande quantidade de deveres de casa, também erramoscobrados para que  aumentássemos o vocabulário de palavras. Apesar de tudo, eu tive bom aproveitamento no teste de língua HSK.


No segundo ano mudei-me para Dalian, e finalmente tive inicio a estudos sobre as áreas tecnológicas na Universidade de tecnologia de Dalian,nesse ano considero eu ter sido o mais proveitoso em todos os aspectos, pois tive maior contato do os chineses e também com seus métodos de ensino e pesquisa, também devo ressaltar a impressionante estrutura aqui oferecida pela faculdade, que possibilitou-me obter grande conhecimento sobre maquinas equipamentos e procedimentos, que serão essências para vida profissional, além de ter feito uma gama enorme de grandes amigos que pretendo ter por toda a minha vida.


O que você mais tem aprendido com os chineses em suaexperiência no Ciências sem Fronteiras?


Durante toda a minha estadia na China eu tive o prazer de fazer vários amigos chineses, também tive a oportunidade tanto de aprender como também ensinar um pouco sobre nossa cultura a elas, pois considero estes pessoas muitos curiosas sobre culturas e povos estrangeiros. Nesse período em que estive aqui aprendi muito principalmente sobre disciplina em ter longos períodos interruptos de estudo, aprendi também a ter planejamento do dia, pois os chineses dificilmente chegam atrasados em seus compromissos, também aprendi a importância de ter boas relações para seu futuro profissional, que aqui eles chamam de “guanxi”.


O que a vida na china representa na sua formação acadêmica e profissional?


A vida na China foi um grande passo para minha formação não somente como um acadêmico também como um cidadão, pois aprendi a gerenciar minhas financias e viver longe da família, e também aprendi a enfrentar todas as dificuldades, que foram muitas principalmente com o idioma, também tive a oportunidade de aprender a me adaptar a diferentes condições de vida (comida diferenciada, e invernos extremos) , também aprendi a como ultrapassar dificuldades de comunicação e aprendi muito sobre a linguagem corporal, e a valorizar o trabalho o respeito, e também a valorizar seus amigos que poderão no futuro ser a sua janela para novas oportunidades no mercado de trabalho.









TodososdireitosautoraisreservadosaoComissãoNacional de Gestão de Bolsa de EstudosEstrangeiros,Pequim ICP registro 05031040-1
Endereço da unidade: RuaCheGongzhuang No. 9, Prédio A3, 13º andar, Pequim. CEP: 100044
SegurançaPública de Site de Pequim No. 110402430016 Se tiverqualquerdúvidaousugestão, por favor contacteconoscopelo email: webmaster@csc.ed.cn